Mais informacoes sobre o livro Candidiase Tem Cura   Entrar em contato   Acessar o livro Candidiase Tem Cura   Voltar ao indice de artigos

Por que médicos não curam a candidíase?



Bom, antes de tudo, vamos deixar bem claro aqui que não estamos criticando a classe médica! Médicos não curam a candidíase por razões específicas de limitação da própria medicina, o formato de trabalho e limitações óbvias de tempo, não por falta de competência ou falta de boa vontade.

Médicos não curam a candidíase porque a causa da doença geralmente é algum outro problema que você tem, provavelmente crônico, e que não cabe ao médico específico que está tratando sua candidíase, diagnosticar e tratar esse “outro problema”.

Primeiro, porque isso leva tempo. Não é fácil descobrir o que causa a sua candidíase. No fundo, só você mesmo pode descobrir essa causa pois você é a única pessoa que pode observar a si mesmo 24 horas por dia! Você vai no médico e numa conversa de 10 minutos, o profissional não tem como saber detalhes da sua vida que poderiam levá-lo a descobrir a causa da doença – e na realidade, ele nem sequer está procurando por essa causa.

A medicina funciona da seguinte forma: você tem um problema, vai no médico – o médico lhe faz perguntas a fim de descobrir quais são os seus sintomas – em alguns casos você pode precisar fazer exames específicos – o médico faz um diagnóstico do que você tem, aqui no nosso caso, candidíase – o médico então receita uma medicação específica para limpar a candidíase e pronto, seu trabalho está feito.

Agora, se a sua candidíase volta, ou seja, se você tem candidíase recorrente, isso não é problema do médico! E como não seria?

Candidíase Médico

A maioria dos médicos não trabalha dentro de um conceito holístico, ou seja, eles disgnosticam apenas o problema específico que você está tendo e medicam aquele problema diretamente, mas sem considerar seu corpo como um todo. A candidíase, quando recorrente, contudo, é causada por outros problemas no corpo, independentes do local onde a candidíase se manifestou, seja nos genitais, na boca ou em qualquer outro local do corpo. A maioria dos médicos não trabalha com “causa e efeito” e sendo assim, não adianta ficar indo no médico toda vez que você tem candidíase.

Os medicamentos para candidíase funcionam perfeitamente. A comunidade médica, então, não tem problema algum em receitar antimicóticos como Fluconazol e pomadas para seus pacientes. Agora, não é o papel do médico descobrir PORQUE a sua candidíase volta com tanta frequência. O papel dele é simplesmente medicar o problema QUANDO ele aparece.

O problema em si não é que os remédios não funcionam, eles funcionam perfeitamente, como explicamos. A candidíase recorrente, contudo, é causada por fatores que não são endereçados pelos medicamentos administrados para tratar a candidíase. Numa analogia prática, é como deixar a porta da sua casa aberta toda noite e ter problemas com ladrões entrando e roubando suas coisas. Você pode tomar providências toda vez que um ladrão entrar, no entanto, como você está deixando a porta aberta, eles continuam a entrar em sua casa, independente do que você faça contra eles quando eles já estão lá dentro!

Com a candidíase ocorre o mesmo, ficar medicando a candidíase toda vez que ela aparece é como tocar o ladrão de sua casa cada vez que ele entra. Não seria muito mais prático e eficaz simplesmente fechar a porta? Agora, digamos que o motivo pelo qual você sempre deixa a porta aberta é porque sua fechadura está quebrada e você não sabe porque. Com a sua candidíase, você pode também não saber porque “a porta para a cândida” está sempre aberta. O médico, entretanto, não é capaz de descobrir qual o problema, pois para tanto é preciso fazer um levantamente complexo dos seus hábitos, alimentação, medicamentos e doenças. Na maioria das consultas médicas, simplesmente não há tempo para isso e os médicos não estão dispostos a providenciar tanto tempo assim para um único paciente. Além disso, como falamos, a comunidade médica como um todo não vê a saúde de forma holística, ou seja, não considera que um problema pode ocasionar outro. Isso pode parecer óbvio para uma pessoa leiga, mas dentro da medicina, convecionou-se a tratar problemas isoladamente. Se eventualmente uma ligação entre uma condição e outra for evidenciada, trata-se do outro problema também, mas não se procura proativamente pelas causas das doenças. Isso por uma questão prática e também por simples falta de tempo. Não é má vontade do seu médico, é simplesmente a forma como as coisas funcionam dentro da medicina.

A causa mais comum da candidíase, por exemplo, é intolerância alimentar a um ou mais grupos de alimentos comuns como leite, glúten ou fermento. Se você vai ao ginecologista ou ao urologista tratar da sua candidíase, esses profissionais não sabem nada sobre intolerâncias alimentares! Não é a área deles! Do ponto de vista do médico especialista, se você “acha” que sua candidíase é causada por problemas com alimentos, isso é problema seu, procure outro profissional, especializado em alimentação e digestão, como um gastroenterologista. O ginecologista obviamente não vai tratar de problemas alimentares, ele não estudou para isso e o enfoque de sua especialidade o impede de perceber sutilezas nas conversas com o paciente que o levariam a conectar uma coisa com a outra e a diagnosticar a causa da candidíase como uma consquência de uma intolerância alimentar.

Você entende melhor agora porque os médicos têm tanta dificuldade para “curar” a candidíase? O papel do médico é simplesmente diagnosticar um problema atual e receitar uma medicação eficaz para o tratamento. É justamente isso o que seu médico faz. Agora, a partir daí, para descobrir a real causa do problema e realmente curar a candidíase, parando com a reincidência, isso é problema seu! Seu médico não pode fazer nada. Você pode sim, consultar médicos de outras especialidades para confirmar ou refutar suas hipóteses sobre o que pode estar causando a sua candidíase, mas você precisa tomar o problema em suas mãos e parar de achar que médicos fazem milagre! Médicos não são adivinhas, nem tem visão raio X para dentro do seu corpo!

Como você é a única pessoa que está com você mesmo o tempo todo, logo é a única pessoa que pode observar certas coisas em si mesmo e em seus hábitos que outros não conseguem perceber, só mesmo você pode descobrir a causa da sua candidíase. A partir daí, se você precisar consultar outros médicos, em outras especialidades, para tratar os problemas específicos que você identificou, tudo bem.

O que propomos aqui não é chutar seu médico para escanteio ou afirmar que médicos são “desnecessários” pois não conseguem curar a candidíase, mas sim, chamar a sua atenção para que você tenha maior proatividade com relação à sua saúde. Há muitos problemas de saúde que médicos não conseguem identificar por limitações de tempo e da própria medicina. Cabe à você, a parte mais interessada, arregaçar as mangas e fazer um pouco de pesquisa, observar seu corpo e formular hipóteses sobre o que pode estar causando os problemas de saúde que você tem. Compartilhe essas suas ideias com médicos de especialidades específicas, peça para fazer exames, se for o caso, mas no final das contas, mantenha a rédea curta. É a sua saúde, é o seu corpo, só você mesmo sabe o que sente e os sintomas que vivencia. Você é a parte mais interessada nessa história. Ouça opiniões médicas com cautela e criticidade. Procure mais de uma opinião, de preferência (você se surpreenderá com a frequência com que médicos dão opiniões contraditórias e fazem diagnósticos errados!) e sempre mantenha suas “pesquisas” relacionadas à sua saúde de forma organizada – anote tudo, seja em papel ou digitalizado. Anotações ajudam a organizar as ideias e perceber padrões que você deixaria passar despercebido se não tivesse anotado.

O livro Candidíase Tem Cura tem justamente o objetivo de guia-lo por esse caminho de tomar as rédeas da sua saúde e ajudá-lo a encontrar a causa da sua candidíase. Você pode precisar de acompanhamento médico, dependendo de sua condição de saúde ou da causa do seu problema, mas esse livro lhe dará conhecimento suficiente para que você mesmo entenda como a candidíase funciona em seu corpo e porque ela reaparece com frequência.





5 Respostas para “Por que médicos não curam a candidíase?”
  1. Patricia :

    Que artigo prolixo!! Falou-se muito do mesmo, mas não ficou esclarecido o que, além de intolerancias alimentares, podem causar candidiase recorrente…

    • Equipe Candidiase tem Cura :

      O objetivo desse artigo foi responder “porque médicos são incapazes de curar a candidíase” e como exemplo apenas foi citado o caso de intolerâncias alimentares. O objetivo do artigo não era indicar o que causa a candidíase recorrente, isso já foi feito em diversos outros artigos nesse site.

      Atenciosamente,

      Equipe Candidíase Tem Cura

  2. re :

    ola, gostaria de tirar uma duvida; toda vez que meu marido goza dentro de mim ,fico meio sismada pois no dia seguinte começa a sair algo branco, de mim, não tem cheiro , mas me encomoda, como é pouco dificil consulta com a ginecologista me preocupo tomo o remédio, passa, sera possivel u ter alguma alergia ao semem de meu marida? tambem sera possível ter alergia sabonetes comum. eu tenho mania de me lavar toda hora se possível isso pode atrapalhar em alguma coisa?
    Desde ja meus agradecimentos.

    • Equipe Candidiase tem Cura :

      Olá Re,

      Esse “algo branco” pode ser o próprio sêmen do seu marido, além disso, a cândida em si habita a vagina de todas as mulheres, então corrimento branco somente não indica candidíase. Você não mencionou se têm outros sintomas, além do corrimento. O corrimento em si não quer dizer nada. Não é bom ficar limpando a área vaginal o tempo todo, pois assim você desequilibra a flora vaginal e aí sim, pode acabar desenvolvendo não só a candidíase, mas como outras doenças também.

      Atenciosamente,

      Equipe Candidíase tem Cura

  3. CRISTIAN :

    ola,
    eu tenho candidiase recorrente o farmaceutico receito o CENEVIT+ZINCO fiz um tratamento por 3meses nao voltou ate entao….mas hj ja estou de novo talvez seje uma alergia ou por estress tomei pk tava c imunidade baixa…somente esse efervecente que ajudou um poko ja fiz varios tipos de tratamento NISTATINA FLUCONAZOL LINCOMICINA600MG(INJETAVEL) DAKTARIN…ETC..na verdade acho que a candida tem seu tempo no organismo durando de 7 a 10dias…o que me ajudou muito foi a lincomicina,agua gelada e probióticos…nao vo mais em medico pk n adiante tem que esperar a passar a crise…é horrivel a sençassao….

Deixe seu comentário

Current ye@r *