- Candidiase Tem Cura - http://www.candidiasetemcura.com.br -

Candidíase pode virar câncer?

Algumas pessoas têm nos perguntado de é possível que a candidíase recorrente possa progredir para câncer com o tempo.

Sim e não!

Existem alguns tipos de câncer de orígem fúngica, mas isso não signfica que sua candidíase crônica possa se tornar um câncer no futuro. Na maioria dos casos de candidíase recorrente, a doença não progride para nada mais sério, é apenas incômoda e no máximo continua aumentando de intensidade com o tempo e maior proliferação da cândida no corpo.

O desenvolvimento de câncer de origem fúngica depende de uma série de fatores, incluindo fatores genéticos, que são os que pesam mais na probabilidade de desenvolver qualquer tipo de câncer.

Há inúmeras pesquisas, muitas ainda em andamento, que estudam a ligação da candidíase com o câncer. A ciência ainda entende pouco dessa relação, apesar de muitos pesquisadores e médicos já terem notado muitas “coincidências” fora do normal.

Isso não deve servir de alarme para que você entre em desespero, porém! A candidíase atinge um número assustador de pessoas no mundo todo (cerca de 85% da população já teve, tem ou terá um episódio de candidíase pelo menos 1 vez na vida) e é óbvio que a maioria dessas pessoas não desenvolve câncer.

Então, não é porque existe uma relação entre ambas as doenças que sua candidíase irá se tornar um tumor cancerígeno com o tempo. Na maioria dos casos de candidíase recorrente, principalmente genital, a solução está em simplesmente identificar a causa do problema e neutralizar seus efeitos, como explicamos no livro Candidíase Tem Cura. A candidíase não é uma doença crônica sem cura, apenas uma doença que pode se repetir com frequência, como gripes ou outros tipos de infecções, devido à presença constante da cândida em nosso corpo.