A Candidíase na gravidez é normal?

Gravidez candidiase

Sim, a candidíase é extremamente comum durante a gravidez, atingindo cerca de 80% das mulheres em algum estágio da gestação e tendo grandes chances de se repetir em diversas crises até o parto. Por que isso acontece?

A gravidez envolve uma mudança hormonal no corpo da mulher que eleva os níveis de estrogênio e desregula a flora de micro-organismos presente na vagina. Esses dois fatores contribuem para um crescimento exagerado da candida albicans e presente em quantidades normais no corpo de todo mundo. A monilíase é apenas um crescimento excessivo da cândida (albiacns, spp e outros tipos também são comuns e não há diferença nos motivos da doença ou formas de tratamento).

A candidíase não oferece nenhum risco ao bebê e não afeterá negativamente a criança mesmo se a mãe estiver passando por uma crise durante o parto. Toda criança entra em contato com a cândida de uma forma ou de outra nos primeiros meses de vida.

É importante não confundir a monilíase com outras doenças que afetam a região vaginal e acreditar que tudo o que afeta os genitais é “perigoso”, sujo ou de origem sexual. A cândida é um fungo que vive no corpo de todo mundo, sem exceção e passará a habitar o corpo do bebê também tão logo ele nasça e começe a entrar em contato com objetos e pele da mãe e demais pessoas em sua vida. A presença desse fungo no corpo humano é absolutamente normal. O corpo humano é hospedeiro de milhares (talvez milhões) de espécies de micro-organismos, alguns com funções tão importantes que não poderíamos viver sem eles como as bactérias que auxiliam o processo digestivo, por exemplo. A candidíase é apenas um crescimento exagerado da população desse fungo e os sintomas incômodos são reações na pele que fica irritada pelo excesso de cândida. Sim, é algo extremente incômodo e a intensidade dos sintomas podem nos levar a acreditar que se trata de algo “sério”, mas comparando-se com outras doenças que atingem a região vaginal, a candidíase é de longe, a melhor das piores!

É possível controlar o crescimento excessivo do fungo mesmo sob condições desfavoráveis como a gravidez (desfavorável no sentido de que a gravidez propicia as condições ideais para a reprodução exagerada da cândida). O livro Candidíase tem Cura apresenta inúmeras formas seguras de acabar com doença, dadas as circunstâncias ideais, ou quando isso não é possível como é o caso da gravidez (não é possível controlar o aumento do estrogênio nem a forma como a flora vaginal é desregulada), é possível manter o crescimento da população de cândida na rédea curta, evitando que novas crises se desevolvam até o final da gravidez. As técnicas apresentadas no livro Candidíase Tem Cura são completamente seguras para mãe e bebê e não envolvem a utilização de qualquer tipo de medicamento ou providência não aprovada cientificamente.

Para mais informações sobre o livro Candidíase tem Cura, clique aqui.

16 comentários: leia abaixo ou deixe o seu

Comentários

  1. aline

    oiiii eu queria saber estou com umas bolinhas na vaginal por dentro e coça e ela esta mto seca e meu marido esta com pouco de bolinha em volta da cabeça do pennis o que deve ser vc pode me ajudar…….

    • Equipe Candidiase Tem Cura

      Olá Aline,

      O ideal seria vocês consultarem um médico. “Bolinhas” pode ser um monte de coisas diferentes, não dá pra tentar adivinhar o que vocês tem só com essa descrição, você precisaria nos dar uma descrição de sintomas mais completa, mas mesmo assim, nada substitui o diagnóstico médico, que deve ser feito pessoalmente, não pela internet!

      Atenciosamente,

      Equipe Candidíase Tem Cura

    • Equipe Candidiase Tem Cura

      Olá Daiana,

      A candidíase sempre tem cura, o problema é que quando o corpo tem alguma condição que cria o ambiente ideal para a cândida, ela volta. O fato dela voltar não significa que a crise anterior não foi curada, contudo, como na gravidez não tem como reverter o que causa a candidíase até o final da gestação, é impossível evitar as crises de candidíase.

      Atenciosamente,

      Equipe Candidíase Tem Cura

  2. debora

    oi…estou tomando antibiotico a 9 dias p tratar infeccao uriansris e a uns 3dias dias estou com coceira vaginal e corrimento branco, ela ta bem inchada.

    • Equipe Candidiase Tem Cura

      Olá Débora,

      É bem normal ter candidíase seguindo um tratamento com antibióticos, inclusive, a maioria dos médicos já prescreve antifúngicos junto com antibióticos prevendo o que pode ocorrer. É uma pena que seu médico já não tenha se antecipado e prescrito os medicamentos para candidíase, mas você pode ir até uma farmácia e pedir remédio oral e creme para candidíase sem problemas.

      Atenciosamente,

      Equipe Candidíase Tem Cura

  3. antonio

    um homem com gripe pode fazer sexo com a mulher quando estão a tentar engravidar? O facto de o homem ter gripe afecta a mulher ou o possível bébé? Obrigado.

    • Equipe Candidiase Tem Cura

      Olá Antônio,

      Aqui nós tratamos de candidíase, sua pergunta seria melhor respodida por um obstetra. Há sites na internet que oferecem contato para fazer perguntas para especialistas.

      Atenciosamente,

      Equipe Candidíase Tem Cura

  4. Aline

    Ja nao aguento mais a candidiase. Estou gravida de 35 semanas e desde o inicio da gestaçao tenho. A candidiase, alias antes de engravidar ja tinha, mas tratando, demorava pra voltar. Mas na gestaçao nao ta resolvendo. Gostaria de uma soluçao pelo menos para coceira ,ardencia e irritaçao nos grandes e pequenos labios e flora vaginal. O que eu faço?

    • Equipe Candidiase Tem Cura

      Olá Aline,

      A candidíase é muito comum na gestação, praticamente toda mulher grávida passa por isso, devido aos hormônios que favorecem a proliferação de fungos. Você pode tentar uma alimentação antifúngica com bastante alho (se ingerido na mesma refeição que brocolis tem seu efeito potencializado), cravo, cebola e coco (o azeite de coco pode ser usado para cozinhar também). Fora isso, o azeite de oliva, se passado na vagina, ajuda a amenizar os sintomas. Quanto a pomadas e medicamentos orais, é bom que isso seja receitado diretamente pelo seu obstetra.

      Atenciosamente,

      Equipe Candidíase Tem Cura

  5. lili

    Olá,gostaria de saber se o bebê pode se contaminar na hora do parto e e se tem algum risco. Estou com 36 semanas e a minha candida não vai embora. Estou com medo da minha bebê pegar alguma coisa na pele. Obrigada!!!

    • Equipe Candidiase Tem Cura

      Olá Lili,

      Não se preocupe, praticamente toda mulher grávida tem candidíase devido aos hormônios e alteração no pH vaginal que favorece a proliferação de fungos. Não há problema algum do bebê entrar em contato com a cândida. Se não for no parto, ele terá contato com este fungo de qualquer forma após o nascimento (como ocorre com toda criança), já que a cândida é um micro-organismo que parasita o corpo humano normalmente.

      Atenciosamente,

      Equipe Candidíase Tem Cura

  6. Mimi

    Olá estou grávida e apareceu umas pintas vermelhas na minha língua será que é candidise, não tem saburra lingual, a cor está normal a única coisa diferentes são as pintas. Vcs poderiam me dizer se é candidise?

    • Equipe Candidiase Tem Cura

      Olá Mimi,

      Com a descrição de apenas um único sintoma não é possível afirmar se é candidíase ou não. Contudo, você pode supor que é devido a sua condição de gestante que aumenta em 70% as chances de desenvolver candidíase. O ideal, entretanto, é conversar com o médico que está acompanhando a sua gravidez.

      Atenciosamente,

      Equipe Candidíase Tem Cura

  7. Fátima

    Olá, você me sugeriu q usasse qualquer creme vaginal por 7 dias para tratar da candidíase, hoje foi a sétima aplicação que fiz de nistatina, só que na bula pede que se faça 10 aplicações, devo parar ou devo fazer as 10 como é indicado na bula?

    • Equipe Candidiase Tem Cura

      Olá Fátima,

      Sim, deve usar 10 dias. “7 dias” é apenas uma média, a maioria dos cremes é usado por esse período, por isso nossa recomendação. Mas se você comprou um creme de 10 dias, tem que seguir as recomendações da bula. Cada produto possui uma formulação diferente e deve ser usado pelo tempo recomendado para que o efeito desejado seja alcançado.

      Atenciosamente,

      Equipe Candidíase Tem Cura

Deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *