- Candidiase Tem Cura - http://www.candidiasetemcura.com.br -

O que é tricomoníase?

A tricomoníase é uma doença sexualmente transmissível causada pelo parasita trichomonas vaginalis. Os sintomas nas mulheres costumam aparecer durante ou após a menstrução, podendo se apresentar como dores durante as relações sexuais, coceira na área vaginal e em alguns casos, na parte interna das coxas, dificuldade ou dor para urinar, corrimento vaginal com as características de cor amarelada ou esverdeada e espumoso, com cheiro forte. Os sintomas em homens incluem queimação após a ejaculação ou após urinar, coceira e dor na uretra, pondendo apresentar um leve corrimento.

É importantísso compreender que você pode ter essa ou outras doenças sem apresentar TODOS os sintomas, portanto, não risque essa possibilidade só porque você não tem um ou outro sintoma descrito aqui.

Essa é uma doença muito frequentemente confundida com a candidíase, o nosso tema aqui, contudo, é uma doença que ao contrário da monilíase, precisa de tratamento urgente. É importante então que o paciente consulte um médico e seja claro na descrição de seus sintomas e seu histórico sexual para que o profissional seja capaz de fazer o diagnóstico correto, e não diagnostique erroneamente o paciente com candidíase quando na verdade, trata-se de tricomoníase. Insista em um exame laboratorial de secreção vaginal e faça um papanicolau – exame que verifica a saúde do colo do útero. Essa doença é frequentemnte confundida com outras por médicos que não se dão o trabalho de requisitar exames laboratoriais e só olham rapidinho o paciente, dando uma de “vidente” dizendo o que paciente tem na hora. Médico não têm poderes mágicos! Não confie naqueles que acham que têm!

Os remédios para candidíase não resolvem e não melhoram em nada os sintomas da tricomoníase, já que a candidíase é causada por fungos e os medicamentos visam atacar esse tipo de micro-organismo, os antifúngicos para cândida não matam o trichomonas vaginalis. A tricomoníase deve ser trata com urgência com antibióticos, por isso a importância de ver um médico. Os parceiros sexuais devem fazer o mesmo tratamento, mesmo que não apresentem sintomas.

A tricomoníase é um tipo de doença que pode causar efeitos permanentes se não tratada a tempo – mais um motivo para parar de ficar procurando sintomas na internet e marcar uma consulta com um médico urgente! Em mulheres, a infecção prolongada, ou seja, não tratada, ou tratada com os medicamentos inadequados, pode causar alterações no tecido do cérvix.

Como em todas as doenças que afetam os órgãos sexuais, é muito importante a abstinência sexual por um período prolongado, mesmo após o término do tratamento. Esse período pode variar de pessoa para pessoa, mas em geral recomenda-se que a pessoa não tenha nenhum tipo de contato sexual por 2 a 3 semanas APÓS O TERMINO do tratamento, sem contar no tempo de abstinência pré e durante o tratamento. Se ao retomar as atividades sexuais, o paciente sentir qualquer desconforto, deve parar imediatamente e prolongar o período de abstinência para que o organismo possa se recuperar. Insistir em manter relações sexuais com o desconforto da doença, mesmo após o tratamento, pode resultar em reincidência e o desenvolvimento de outras doenças como candidíase.